sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Estas flores de lascivo arabesco - poemas eróticos piauienses



BEZERRA, Feliciano. SOARES, Wellington. (org.) Estas flores de lascivo arabesco. Poemas eróticos piauienses. Teresina: Fundação Quixote, 2008.

- Coletânea de poemas eróticos de Adriano Lobão AragãoChico CastroDurvalino CoutoElio FerreiraEmerson AraújoKeula AraújoLaerte MagalhãesMarleide LinsNílson FerreiraSalgado Maranhão

teu corpo ao dormir meu corpo busca
Adriano Lobão Aragão

teu corpo ao dormir meu corpo busca
em teu colo se debruça
minha face que teu cheiro aguça

minha face tua face
minha mão que tua mão segura
enquanto dorme
e segura minha mão a mão tua

teu corpo ao dormir me procura
e sobre minha perna tua perna perdura
e sobre tua perna a minha imita a mesma postura
e dura infinito neste sono a minha carne dura

encosta na minha a face tua
encosta em mim por todo sono
o seio o lábio a vulva 
e deixa assim junto o sonho
de sempre habitá-la nua

e quando a mim à noite assim se debruça
mais que teu corpo meu sonho busca  


_____________


I
Marleide Lins

Língua gêmea
onda que se aveluda
invade a fremir a senda

trazendo o que extrai da gruta
sente o sêmen da concavidade fêmea
e serve-se no convexo da fruta


_________________


Adriano Lobão Aragão, Keula Araújo, Laerte Magalhães, Feliciano Bezerra, Salgado Maranhão.
Lançamento de Estas Flores de Lascivo Arabesco, no Salipi 2008.


Nenhum comentário: