segunda-feira, 17 de junho de 2013

cabeça de sol em cima do trem


era uma vez uma cabeça de sol em cima do trem [ ponto ] era uma vez os versos e os desenhos que neste livro se tem [pronto] trata-se de thiago e [ vírgula ] acompanhado dos desenhos de joniel veras ou trata-se de poesia em estado lúdico ou estado útil ou estado único ou tem estado o poeta atarantado nas entrelinhas nos entreversos trabalhando em outros sentidos que as palavras escondem ou versos não [ ponto de interrogação ] almeja prosa poética e verbete de dicionário [ aqui se almeja uma vírgula ] eis uma chave de leitura da poesia de thiago [ dois pontos ] deixar de lado a lógica cartesiana cotidiana por um instante e deixar que poesia e experimento e leitura se tornem fato [ pois no intervalo entre os olhos e o texto a poesia se faz palco ]
- adriano lobão aragão

Nenhum comentário: