quinta-feira, 11 de agosto de 2011

o templo Zifu, fundado pelo eremita Ren

China, 844-869 d.C



Ergueu o templo um homem solitário 
e hoje é descanso a viajantes – pouso – 
Deixam seus nomes vãos à porta, ao lótus
deitam-se escritos nas paredes brancas
As águas correm para o velho tanque 
A relva próxima ao caminho brota
Cem pés é alto o pavilhão de ouro
e em frente ao rio, todo brilho, claro


題任處士創資福寺


幽人創奇境。
遊客駐行程。
粉壁空留字。
蓮宮未有名。
鑿池泉自出。
開徑草重生。
百尺金輪閣。
當川豁眼明。



[in Poesia Completa de Yu Xuanji, tradução de Ricardo Primo Portugal e Tan Xiao, Editora Unesp, 2011]

Nenhum comentário: