sexta-feira, 31 de julho de 2009

Bem mais que a morte de Lindóia




O Uraguai
Basílio da Gama
[Multiclássicos – Épicos. Organização de Ivan Teixeira. São Paulo, Edusp, Imprensa Oficial, 2008]

Ao louvar o iluminismo do Marquês de Pombal, através da atuação do general Andrada em Sete Povos das Missões, expulsando os jesuítas da região, Basílio da Gama conseguiu moldar belos versos e compor um dos primeiros poemas épicos brasileiros (?) com alguma relevância artística. Equivocadamente interpretado pelos românticos e muitas vezes lembrado tão somente pelo episódio da morte da índia Lindóia, o excelente prefácio de Ivan Teixeira consegue restabelecer o contexto e o interesse pelo poema, livre do sentimento nativista que a leitura romântica por muito tempo deixara de herança na obra deste homem que, embora nascido na terra que dentro em breve seria o Brasil independente, pensava, sentia-se e escrevia como um português, e lido desta maneira, seu O Uraguai torna-se bem mais interessante e coerente.

Nenhum comentário: