sábado, 6 de junho de 2009

o homem e sua hora

___ Dedicatória do poeta Mário Faustino para a escritora e crítica de arte Ruth de Paula Laus na edição original de seu livro O Homem e sua hora de 1955.


o homem e sua hora
[adriano lobão aragão]


O POETA E SUA OBRA
um fausto delírio
O HOMEM E SUA HORA
a prematura queda do destino
SUA HORA
o mês assassino
O HOMEM
Mário Faustino




[in Uns Poemas, 1999]

Um comentário:

Anônimo disse...

Ola ruth, gostaria muito de poder entender esse poema de Mario faustino, haja vista que estou com uma grande dificuldade de analisar, voce poderia ajudar me

desde ja agradeço, POllyana