domingo, 24 de maio de 2009

as narrativas




"Descobri que as narrativas são tentativas de reinventar a narrativa única a que todo mundo está sujeito, que alguns chamam de destino e que termina sempre no mesmo lugar. Desde então, passei a associar as histórias que os homens contam a uma vontade coletiva de refazer esse final, de lhe dar outros sentidos. Uma espécie de rebelião, de inconformismo, uma vontade de reescrever o seu papel e o texto do mundo."

Assim se expressou Bernardo Carvalho [Ilha deserta: filmes, São Paulo, Publifolha, 2003], comentando O Gabinete do Dr Caligari [Das Kabinett des Doktor Caligari, Robert Weine, 1919]. Curiosamente, tal comentário poderia ser aplicado de maneira exata no roteiro de Desejo e Reparação [Atonement, Joe Wrigth, 2007].

Um comentário:

Anônimo disse...

Idéia bem borgeana!

Wandeerson Lima