quinta-feira, 9 de abril de 2009

Concursos Literários da Fundac

Premiação dos Concursos Literários e Cadernos Étnicos será nesta terça
10.07.2006


O Governo do Estado, através da Fundação Cultural do Piauí (Fundac), premia, em solenidade na noite desta terça-feira (11), às 19h, na Galeria do Clube dos Diários, os três primeiros colocados dos Concursos Literários e Cadernos Étnicos – Cultura Indígena e Cultura Afro-descendente no Piauí. O Governo vem mantendo este projeto editorial, reativado em 2003, que visa revelar novos talentos e divulgar de forma abrangente, a literatura produzida no Piauí.

No evento desta terça-feira, receberão prêmios em dinheiro os vencedores das sete categorias dos Concursos Literários: Dramaturgia, Crônicas, Novela, Poesia, Conto, Ensaio e Romance, que, além do dinheiro, terão suas obras publicadas. Com relação aos Cadernos Étnicos, também receberão premiações em dinheiro os três primeiros colocados, sendo que as publicações agraciarão os seis primeiros de cada categoria.

A solenidade contará com a presença do Governador do Estado, Wellington Dias, da presidente da Fundac, Sônia Terra, de intelectuais e dos vencedores dos concursos.
De acordo com a coordenadora de Literatura da Fundac, Marleide Lins, quase 150 candidatos se inscreveram para concorrer nesta edição de 2006 somente nos Concursos Literários, um número bastante significativo para o projeto. “Os Concursos Literários do Piauí a cada ano têm sido mais concorridos e reconhecidos em suas sete categorias, tanto quantitativamente, quanto qualitativamente”, afirma.

A coordenadora destaca ainda a qualidade das apresentações das obras durante o Concurso. ”As obras apresentam uma boa qualidade literária, com concorrentes já consagrados na Literatura Piauiense e novos escritores”, diz.

Confira os autores premiados em cada categoria:

Concursos Literários:

ENSAIO e outros estudos críticos:
1º - O Fazedor de Cidades: mimesis e poésis na obra de H. Dobal – José Wanderson Lima.
2º - Dimensões das Antiguidades na obra de Mário Faustino – Maria do Socorro Fernandes de Carvalho.
3º - O Fio de Ícaro - José Wanderson Lima.

NOVELA:
1º - O Sacerdote do Hipócrates – João Bosco da Silva
2º - Jurupari – Antônio José Fontenele da Silva
3º - Vivendo na Penumbra – Rose Mary Furtado Baptista Passos

ROMANCE :
1º - A Santa do Morro das Virgens – César Augusto Felix Crispiniano
2º - Angústia das Horas – Luiz Francisco da Rocha
3º - Adão e Eva no Éden Neo-Pós-Moderno – Deoclécio Guy de Albuquerque Fortes Britto.

POESIA:
1º - Yone de Safo – Adriano Lobão Aragão
2º - Preces Subversivas – Adriano César de Abreu Costa
3º - Bifurcações no Diagrama do Tempo – Demétrius Gomes Galvão

DRAMATURGIA:
1º - O Auto da Folia de Reis – Adalmir de Miranda Moura
2º - Crime Duplo – Raimundo Saldanha Cruz Neto
3º - A República da Cobra Grande - Francisco Ací Campelo.

CONTOS:
O Tiro da Toga – Sérgio Batista.
2º - O Milagreiro – Autregésilo de Brito Silva.
3º - O Prêmio – Deoclécio Guy de Albuquerque.

CRÔNICAS:
1º - Crônicas Vadias – Antônio de Pádua Ribeiro dos Santos.
2º - Heteroxia – José Wanderson Lima Torres
3º - Estórias e Fatos – Deusdedit Machado Moita

- notícia extraída do site da Fundac, publicada em julho de 2006.
______________________________________________________________



- JÁ ESTAMOS EM 2009 E ATÉ A PRESENTE DATA, NENHUMA DAS OBRAS PREMIADAS FOI EDITADA PELA FUNDAC.

Um comentário:

Anônimo disse...

Para a Fundac cultura é festival musical ou "protesto" de minorias. Publicar estes livros, para eles, parece não ser de maior importância: eles não levam a sério a "cultura livresca" e, tanbém, é um tipo de atividade que não da voto.